Caçadores de alienígenas encontram suposto óvni em ilha próxima à Antártida

Comprido e de formato alongado, o objeto deixou um grande rastro na neve da Ilha Geórgia do Sul, território ultramarino britânico no Oceano Atlântico

Por mais que os responsáveis pela descoberta afirmem que o objeto é um óvni, um fotógrafo contestou o caso
Reprodução/Google Earth via Metro

Por mais que os responsáveis pela descoberta afirmem que o objeto é um óvni, um fotógrafo contestou o caso

“A estação de pesquisa na ilha pediu para fotografarmos toda a região para documentar sua população e localização de renas. Como o fotógrafo responsável, posso confirmar com 100% de certeza que o que você vê na imagem é só o resultado de um processo glacial . Desculpas”, comentou no vídeo.

Estudo do Pentágono

Histórias sobre alienígenas soam mirabolantes. Contudo, elas também mobilizam organizações governamentais, como aconteceu nos Estados Unidos. Em dezembro do ano passado, o Pentágono assumiu, pela primeira vez na história, que realizou um financiamento milionário de um programa secreto que tinha como intuito investigar a aparição de objetos voadores não identificados entre 2007 e 2012.

Ainda que o Departamento de Estado tenha comunicado que o projeto estava encerrado, o jornal  The New York Times   publicou a confirmação de uma funcionária da entidade, que garantiu que o programa continua sendo feito. O projeto possui enfoque em relatos de militares norte-americanos que alegam ter visto objetos estranhos – que podem ser alienígenas. 

Informações oficiais apontam que US$ 22 milhões foram gastos com as atividades do programa. De acordo com os jornais norte-americanos, os relatos têm como elemento central o estudo de um tipo de óvni que não tinham um sistema de propulsão similar aos seres humanos e que atingiam altas velocidades rapidamente.

Fonte: Último Segundo

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta