Juiz nega absolvição a Eder Moraes e empresários

ARARATH – O juiz Jeferson Schneider, da Quinta Vara Federal em Mato Grosso, negou no dia 27 de fevereiro absolvição sumária ao ex-secretário de Fazenda, Eder Moraes e aos empresários Marcelo Maluf e Celson Luiz Duarte Bezerra, réus em processo da Operação Ararath.

Os fatos apontam para os crimes de lavagem de dinheiro e ocultação de bens. O processo tem como foco um possível esquema realizado por intermédio da aquisição de imóveis em nome de terceiros.

Os bens em questão eram adquiridos com recursos originários de crimes contra o sistema financeiro.

Marcelo Maluf, um dos sócios da construtora São Benedito, chegou a ser conduzido coercitivamente pela Polícia Federal em 2016 para prestar esclarecimentos.

A Operação Ararath teve por objetivo desbaratar uma organização criminosa que praticava crimes contra o sistema financeiro nacional e lavagem de dinheiro no Estado de Mato Grosso.

O foco da investigação deu-se contra pessoas e empresas que estivessem agindo como instituição financeira sem autorização do Banco Central.

A Operação Ararath ganhou novos capítulos com a delação premiada firmada pelo ex-governador Silval da Cunha Barbosa, em 2017.

Dezenas de políticos foram acusados de participação no esquema criminoso.

Os autos seguem sob segredo de Justiça.

Fonte: GD

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta