Além da estética: saiba o que é mito e o que verdade sobre varizes

Sentar com pernas cruzadas influencia? Anticoncepcional pode aumentar as chances? Varize é apenas um problema estético? Tire essas e outras dúvidas

Desidratação pode colaborar para que doenças vasculares aumentem no verão
Reprodução/Facebook

Desidratação pode colaborar para que doenças vasculares aumentem no verão

De acordo com o Ministério da Saúde, aproximadamente 70% dos adultos brasileiros têm algum tipo de varize – aquela veia dilatada e deformada, com coloração esverdeada que surge nas pernas e pés e pode causar bastante incômodo por conta da aparência que chama a atenção.

A incidência é maior entre mulheres, mas há estudos que comprovam que a aparição está acontecendo cada vez mais cedo e que os homens também estão sendo afetados.

Apesar da preocupação, ainda existe dúvidas sobre o assunto entre a população. Pensando nisso, o cirurgião vascular da Santa Casa de São Paulo Caio Focássio separou uma lista de mitos e verdades à respeito da alteração. Confira:

  • Cruzar as pernas pode causar varizes? 

Mito. Cruzar as pernas não é o motivo pelo qual as varizes aparecem. De acordo com o médico, o fato de se passar muito tempo na mesma posição – em pé ou sentada – e ser principalmente ser sedentário é que contribui para o surgimento das varizes.

“A pessoa que se movimenta pouco vai ter mais tendência ao aparecimento das varizes porque o retorno venoso se torna mais difícil. A panturrilha precisa ser estimulada e fortalecida para poder enviar o sangue de volta ao coração e, quando o indivíduo não se mexe, ela não contrai para colaborar com esse retorno venoso.”

  • Varizes são apenas um problema estético?

Mito. Muita gente negligencia as varizes achando que ela é apenas um problema de aparência e, na verdade, não é. As varizes prejudicam a qualidade de vida do indivíduo, é uma importante causa de afastamento laboral no Brasil e ainda é um dos fatores que aumenta o risco da trombose venosa profunda, que pode ser fatal.

  • Varizes coçam?

Sim, uma simples coceira pode ser sinal de propensão a varizes. Essas veias permanentemente dilatadas e tortuosas acabam surgindo por conta da dificuldade que o sangue encontra para retornar ao coração nos membros inferiores, causam desconforto e dor.

“Os pacientes propensos a terem varizes podem sentir coceira na parte distal das pernas, em especial próximo aos tornozelos, porque os capilares sanguíneos acabam deixando passar hemácias para a pele, levando a reações desagradáveis. Outro problema comum também é surgir o eczema venoso, causado pelo mesmo motivo,que faz com que a pele fique seca, escamosa e com muita coceira”, diz Focássio.

  • Anticoncepcionais aumentam os casos de varizes?

Verdade. As mulheres que já possuem predisposição genética para as varizes aumentam sim as chances de desenvolver a doença quando fazem uso de relativos níveis de hormônios presentes nas pílulas anticoncepcionais.

  • Salto alto pode ocasionar varizes?

O uso contínuo e exagerado eles podem, sim, causar malefícios, como as temidas varizes. Isso acontece pois com o uso do calçado, a panturrilha, que é como se fosse o “coração” da perna, importante para a circulação, acaba ficando encurtada. “Esse estado também faz com que a pisada não fique completa. Com isso, o sangue não consegue fluir bem e pode, assim, ocasionar as varizes”, finaliza o médico.

Varizes

As veias localizadas na batata da perna têm papel essencial para bombear de volta o sangue que as artérias mandaram do coração para o corpo. Felizmente, o sistema venoso externo – onde acontecem as varizes que costumamos ver e reclamar da aparência – é responsável por apenas 20% do retorno venoso do corpo. Os outros 80% estão por conta do sistema venoso profundo, com veias de grande calibre que ficam protegidas por músculos espessos. Quando a dilatação acontece ali, o problema é outro: é chamado de insuficiência venosa profunda, não mais de varizes.

Mas as varizes do sistema venoso externo podem doer, arder, incomodar esteticamente e, dependendo do grau – existem quatro – até levar a úlceras varicosas. Contra elas não existe prevenção absoluta, mas há algumas medidas para retardar o aparecimento delas. A meia elástica é, de longe, a melhor opção.

Fonte: IG saúde (Leia também: Aposte na atividade física para evitar varizes: veja os melhores exercícios)

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta