Semáforos inteligentes entram em funcionamento no próximo mês

A partir da segunda quinzena de março entram em funcionamento os semáforos inteligentes em Cuiabá. Ao todo, a nova empresa deve implantar a nova tecnologia em 125 cruzamentos até o final do ano. Até abril 30 devem estar funcionando. A tecnologia faz parte da adesão de um pregão eletrônico da Prefeitura de Aracaju (SE). Os serviços estão sendo tocados pela empresa mexicana Semex, ao custo de R$ 15 milhões.

A Prefeitura de Cuiabá já iniciou a instalação dos semáforos inteligentes nas principais avenidas da Capital. O processo de equipagem está sendo conduzido pela Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, com o objetivo de iniciar a fase de testes na segunda quinzena de março, garantindo toda a segurança na trafegabilidade dos condutores. A expectativa é que em abril – mês do aniversário de 299 anos da cidade – 30 conjuntos semafóricos estejam em pleno funcionamento nas avenidas do CPA, Getúlio Vargas, Isaac Póvoas e Carmindo de Campos com a Tenente Coronel Duarte.

O novo modelo tem objetivo de trazer maior fluidez nas principais avenidas, coibindo grandes engarrafamentos por meio de uma interna comunicação sistêmica. O método é o mesmo presente em locais como Estados Unidos e Canadá. Ao contrário dos semáforos únicos presentes atualmente, o novo padrão a ser aplicado traz três pontos simultâneos, a fim de facilitar a visibilidade dos condutores. Essa medida considera também o grande fluxo de veículos dos mais diversos portes e os perigos que a obstrução da sinalização podem acarretar, como acidentes de trânsito.

A Secretaria de Mobilidade Urbana confirmou ainda que outro diferencial do novo sistema semafórico é sua autossuficiência no monitoramento do fluxo de veículos na região. Aliado ao funcionamento dos equipamentos, um centro de controle do trânsito será instalado, acompanhando a trafegabilidade nas faixas por meio de câmeras. O objetivo deste monitoramento não é de multas, mas supervisionar gargalos e operar de maneira inteligente na sua desobstrução.

O atual parque semafórico de Cuiabá tem idade entre 20 e 25 anos e frequentemente dá problemas, gerando gastos à Prefeitura. Além disso, o município pretende buscar uma economia com a implantação do sistema. O novo sistema tem a prioridade seletiva, toda vez que um automóvel for passando abre o sinal para fazer uma viagem mais rápida. O equipamento faz a leitura do trânsito e adapta ao sistema naquele momento.

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta