Motociclista na faixa será multado

TRÂNSITO/VIDEOMONITORAMENTO

Apesar de uma lei publicada em novembro autorizar os motociclistas a utilizarem a Faixa Exclusiva, o uso culminará em multa. A confirmação é da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana. Desde ontem, aqueles que forem pegos trafegando pelas faixas exclusivas de ônibus serão autuados pelo sistema de videomonitoramento. A medida vale também para os motociclistas.

Em 28 de novembro do ano passado foi aprovada a Lei nº 6.236, de autoria da Câmara Municipal e sancionada por seu presidente, o vereador Justino Malheiros. A normativa autoriza o uso da faixa por táxis, ambulâncias e motociclistas. Contudo a Secretaria de Mobilidade Urbana contesta a medida.

“A prefeitura de Cuiabá esta verificando a legalidade dessa lei, porque existem algumas ressalvas observadas pela Semob e pela prefeitura na aplicabilidade de colocar motociclistas na mesma pista dos ônibus. A princípio motos que trafegarem nas faixas exclusivas serão autuadas conforme regras do Código de Trânsito Brasileiro”, confirmou a assessoria da Semob.

Segundo a normatização estabelecida no Código de Trânsito, podem andar nas faixas exclusivas, os ônibus, táxis, ambulâncias e vans escolares. Quem for pego transitando pela faixa exclusiva, o que é classificado como infração gravíssima, receberá sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e multa de R$ 293. Ao todo 32 câmeras compõem o sistema de videomonitoramento.

Cuiabá conta com 12,5 quilômetros de faixas exclusivas nas principais avenidas da cidade, Getúlio Vargas, Isaac Póvoas, Generoso Ponce, Tenente Coronel Duarte (Prainha) e Avenida Historiador Rubens de Mendonça (CPA). As vias possuem sinalização horizontal e também vertical, com placas indicando que a faixa é exclusiva para ônibus, de segunda a sexta-feira, das 6h às 20h, e aos sábados, das 7h às 14h.

Segundo a Semob foi feito no início deste mês uma campanha educativa e um total de 183 notificações foram lavradas para condutores flagrados pelas câmeras de videomonitoramento usando as faixas. No ano passado, mais de 15 mil notificações orientativas foram enviadas através da Central de Monitoramento aos condutores que cometeram a infração. Os alertas foram de cunho educativo, sem qualquer cobrança de multa vinculada.

Orientação – Para evitar uma multa, o ingresso dos veículos nas faixas só é permitido para fazer a conversão à direita e deve ser feito ao final da linha contínua, onde começa a linha tracejada ou sinalizando que vai entrar na próxima quadra. O acesso à faixa exclusiva também é permitido para entrar em residências ou estacionamentos.

Fonte: DC

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta