Membro do MDB afirma que deputados “merecem um tiro na cara”

Rodrigo Rodrigues se manifestou contra a abertura da CPI e disse que deputados querem extorquir o governador. Ouça o áudio…

O ex-titular da Secretaria Nacional de Saúde Indígena (Sesai) Rodrigo Rodrigues (MDB) afirmou que os deputados estaduais de Mato Grosso “merecem um tiro na cara”. Em um áudio que circula nos aplicativos de mensagens, ele disse ainda que os deputados são um “bando de oportunistas sem vergonha”.

“Vão trabalhar cambada de vagabundos. Vão atrás da transparência dos incentivos fiscais”, disse. O motivo dos xingamentos é referente a discordância de Rodrigo Rodrigues a abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que irá investigar a aplicação e arrecadação dos recursos do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) e do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).

No áudio, ele ainda destacou ações que os parlamentares teriam deixado de fazer nos três anos da gestão Pedro Taques (PSDB), como investigar as irregularidades cometidas na Secretaria de Educação que culminaram com a Operação Rêmora. Para Rodrigues, a CPI seria apenas para “tomar dinheiro do governador”, por se tratar de época de campanha eleitoral.

“Vocês [deputados] estão querendo extorquir. Vocês deviam estar tudo na cadeia. Isso é bandidagem. Sou contra essa CPI porque ela não passa de um instrumento de chantagem para extorquir o governador em ano de eleição. Malandragem. É bando de vagabundo. O que vocês mereciam era um tiro na cara, não é nem tapa na cara. São imorais”, disse.

O Blog do Antero conversou com alguns parlamentares que já afirmaram que vão estudar medidas judiciais contra Rodrigues.

Fonte: Blog do Antero (Laice Souza)

Ouça o áudio.

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta