Governador Pedro Taques cancela verba para Carnaval

O governador Pedro Taques (PSDB) encaminhou ofício ao presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Eduardo Botelho (PSB), na terça-feira (16), informando que não poderá prestar auxílio financeiro para a realização de festas de Carnaval nos Municípios de Mato Grosso, em 2018.

O auxílio é encaminhado pelo Executivo todos os anos através de emendas parlamentares. Não há informações sobre quais cidades serão afetadas com a decisão, nem o valor total das emendas.

No documento, o governador explicou que a medida foi necessária em razão da crise financeira que assola o Estado.

Os recursos para as festas do Carnaval são oriundos de emendas parlamentares. Cada deputado tem direito a R$ 5,7 milhões em emendas. Deste valor, pelo menos 6,5% devem ser aplicados em Cultura, o que engloba as festividades do Carnaval.

Todavia, alegando crise financeira, o governador anunciou que não irá pagar emendas destinadas a “folia de Momo”. “Uso do presente expediente para comunicar a Vossa Excelência que, em razão da grave crise financeira que assola a macroeconomia em caráter nacional e seus reflexos no âmbito estadual, no ano de 2018, não será possível ao Poder Executivo prestar auxílio financeiro para a realização das festividades de Carnaval”, diz o texto.

Ainda no texto, o chefe do executivo estadual afirma que a opção foi feita tendo em vista de que “é necessário fazer escolhas orçamentárias responsáveis e priorizar a continua execução de outros serviços públicos que também constituem direitos sociais fundamentais dos cidadãos, em benefício de todos os mato-grossenses”

Faltando pouco menos de um mês para os festejos de Momo, os parlamentares ficam sem um de seus principais palanques em anos eleitorais, como o de 2018. Muitos esperavam o Carnaval para terem os nomes anunciados nos palanques, principalmente no interior do estado.

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta