Crise tucana pode abalar relação de Taques e Leitão

Apesar de negar de pé junto as rugas no PSDB começa a fazer vítimas no staff governamental. Paulo Borges pediu para sair da presidência da Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI). Borges, que é presidente regional do PSDB, pediu exoneração depois de chamar Pedro Taques de mentiroso.

A mentira, segundo Borges, é que o PSDB jamais pediu cargos no governo, como anda dizendo Taques. As brigas no ninho tucano começaram depois que o partido fechou questão que o deputado federal Nilson Leitão será candidato ao Senado da República pelo partido no próximo ano.

O governador Pedro Taques, principal nome da sigla, que vai tentar a reeleição em 2018, acha que essa postura do partido dificulta futuras alianças e seu projeto para continuar governando Mato Grosso. No Paiaguás, onde muita gente vê assombração em tudo que é canto, a leitura é que Nilson Leitão está sendo incentivado por outros políticos a criar instabilidade no ninho tucano.

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta