Mãe é acusada de ajudar filho a manter jovem em cárcere e ter relações sexuais

A mãe de Kaique Luiz de Oliveira, 25, é acusada de ajudar o filho a abusar sexualmente de uma jovem de 19 anos dentro da própria casa da família, no bairro Jardim Panorama, em Várzea Grande. O crime aconteceu na manhã desta sexta-feira (24), Izes Marques de Figueiredo além de não prestar socorro a mulher, teria ajudado o filho a fugir do local.

Segundo o boletim de ocorrências, R.A.S. conheceu o acusado durante o fim de semana através do Facebook e ficou desaparecida desde esta quinta-feira (23), quando saiu para conhecer a casa de Kaique. Ele teria ido junto com a mãe e um senhor de idade buscar a garota em casa em uma caminhonete prata.
R.A.S. relatou que ao não se sentir à vontade na casa pediu para ir embora e o acusado se negou. Então, ela foi reclamar com a mãe do rapaz, que a levou para se acalmar no quarto. Em seguida o suspeito entrou agressivo e ameaçando ela de morte caso não tivessem relação sexual.

Com a ajuda da mãe, Kaique rasgou as roupas da vítima sem ela querer e abusou. Mesmo pedindo por socorro, Izes não teria ajudado a mulher apoiando o abuso sexual e o sequestro feito pelo filho. Por fim, a mãe de Kaique o ajudou a fugir do local.

R.A.S. foi encontrada após a mãe dela ter denunciado o seu desaparecimento no dia anterior. Quando a Polícia Militar estava passando pelo lugar do cárcere, dona Izes teria ainda segurado a jovem para que não chamasse a viatura. Ela ficou presa no quarto desde às 15h de ontem até esta manhã. O acusado quebrou o chip da vítima, para que não fizesse contato com ninguém, mas ela já havia mandado a localização para a mãe.

A vítima teve os braços machucados na hora ter sido abusada. Ela relatou aos policiais que Kaique jogou as roupas intimas dela que foram rasgadas atrás do guarda roupa. Porções de maconha também foram encontradas na casa.

Os vizinhos relataram aos policias que a Izes é conivente com as ações do filho, que inclui tráfico de drogas. Kaique tem várias passagens pela polícia pelo mesmo crime. Izes foi conduzida à Delegacia de Várzea Grande para as providências do caso.

Fonte: GD

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta